Uma travessia...por vezes fácil, outras vezes difícil. Um deserto, onde se tenta desesperadamente encontrar um oásis para ai permanecer, pelo menos na triste ilusão de ser feliz.

junho 03, 2009

Eu sei que de onde estás, estiveste a rir e a troçar de nós!

Quando se fala em justiça, o meu nariz torce sempre e nunca sei muito bem o que responder.

Quando li aquilo que uma amiga escreveu, mesmo não sabendo se era de mim que ela falou, aquelas palavras fizeram um sentido absurdo e eu percebi que ainda os ressentimentos não passaram.

Quando se fala em justiça, eu relembro os dias que sofri com a ausência e a indiferença com que fui tratada, as promessas que quis cumprir e que ninguém me deixou.

Quando se fala em justiça, acredito que vou fazer bem a alguém para compensar todo o mal que fiz, e sei que algum dia vou olhar para ti e saber que como me trataste foi a melhor forma de cada um seguir em frente.

Se houvesse justiça, tu agora sofrerias por mim. Adormecias frio na tua cama nova e vazia, a resmungar que se o tempo voltasse atrás terias com quem partilhar a solidão de uma divisão.

Se houvesse justiça, eu seria agora a princesa da vida dos meus pais, o orgulho com que eles enchiam o peito e eles juntar-se-iam e iriam chorar e rir pelos 20 anos em que não se falaram.

Se realmente houvesse justiça, ele não teria morrido daquela maneira. Seria encontrado morto numa cadeira, de cigarro na boca e copo de whiskey na mão. Teria uma posse de austeridade lunática, os gatos roçar-se-iam nas pernas frias e a boca teria um sorriso hipócrita.
Mas quando se fala em justiça, eu não acredito na justiça.Ele afinal estava deitado no chão, coberto de sangue, numa estrumeira a que chamava casa, suja e imunda, degradada, vandalizada e violada. Não tinha ninguém como companhia, nem o cão, nem os gatos, nem o alcool de toda a vida. E não teve tempo. Não teve tempo de amar ninguém, de ser perdoado e abraçado. Nem tempo de um funeral abençoado onde todos pudessem vê-lo e gritar o quanto o odiavam e repugnavam.
Não teve tempo para nada porque a carne quando perde a vida, deixa de ter tempo.

Mas quando se fala em justiça, eu sei que ela fugiu. Porque até quando o pai dele morreu, ele gozou e toda a gente falava mais dele do que do defunto.
Ele nunca foi justo com nada e a morte também não foi justa com ele.

2 comentários:

Pramod Negi disse...

Great blog really enjoyed reading it. Have bookmarked you and will check back regular. Please feel free to take a look at my blog...
Adelaide Holiday Packages
Cheap Adelaide Holidays

roye disse...

Consistent with "reverse positioning" understand the REAL Second coming would equate with The Matrix's Anti-Christ, the fake battle of good and evil which will come at the end.
I have spoken on this issue in years past. Understanding how they use the political environment to redefine people's value system, realize anyone who speaks of the old world and its ways will envoke hatred. So when/if the Anti-Christ comes along speaking of reverting back to what liberalism would consider repressed and immoral may be the only hope to salvage the god's favor and keep moving forward rather than begin the 1000 year clock. The fake Second Coming will feed into this political enviornment.
cheap flights to phuket
flights to phuket
phuket flights