Uma travessia...por vezes fácil, outras vezes difícil. Um deserto, onde se tenta desesperadamente encontrar um oásis para ai permanecer, pelo menos na triste ilusão de ser feliz.

julho 12, 2004

Férias

Cá estou eu numas possíveis férias...sim "possíveis", porque tenho que estudar e dar um bocadinho "ao braço" em tarefas filiais de ajuda com os meus ascendentes.
Há pois é... isto de ser filha tem muito que se lhe diga. Não aconselho a ninguém a sê-lo, mas quem o é não tem outro remédio sê-lo!
E assim...me despeço, durante uns tempos em que não vou escrever, com o desejo de umas boas férias e também com o conselho de dois livrinhos para ler: "Wether" de Goethe; "D.Quixote de La Mancha" do Miguel Cervantes.
E prontos...como diz o povinho...Divirtam-se muito e lembrem-se...de qualquer coisa!

2 comentários:

José Tiago Piçarra disse...

Então boas férias Laura, e para o ano viva o horário de tarde, não é verdade?! Até lá lê também, se puderes, "O Código Da Vinci", história incrível muito bem escrita.

Claudia Raposo Correia disse...

Pois é, férias!! Que bom. Ainda tens que me explicar como é que alguém pode não ser filho de outrém... :P
Diverte-te por essas terras que eu ainda não conheço. Beijinhos