Uma travessia...por vezes fácil, outras vezes difícil. Um deserto, onde se tenta desesperadamente encontrar um oásis para ai permanecer, pelo menos na triste ilusão de ser feliz.

julho 28, 2004

Incendios

No ano passado vi a Tapada de Mafra arder e as terras perto da Malveira, sitio onde vivo à 7 aninhos.
Este ano, vejo as terras da minha avó, sitio onde passei parte da minha infancia e sitio que amo mais que outro local, arder, ser destruido sem qualquer sentimento a mais sem ser frustação e muito ódio a um "alguém" que não se sabe quem.
Andava eu mais despreocupada da vida, a tentar relaxar, aqui nos Açores, quando fui completamente assombranda pelas imagens da tv. Sitios onde passei uns dias antes de vir para Ponta Delgada, estão completamente negros das cinzas.
A realidade dos fogos, devia ser algo que despertasse a atenção de todos e não apenas  ver na tv o que acontece aos outros.
A unica questão que coloco e gostava realmente de tentar perceber é o porquê?
Aquelas terras, Serra Algarvia, são compostas de sobreiros, coração da cortiça portuguesa, já que é aqui que se encontra a de melhor qualidade de Portugal. As pessoas têm muito cuidado, pois é de exploração dificil e demorada, pois um sobreiro para dar a 1ª vez cortiça demora 20 anos e por sua vez, todas as extracções só podem ser efectuadas de 9 em 9 anos. Assim, só daqui a 30 anos é que aquela região poderá ficar parecida com o que era. Sim...parecida, porque havia arvores que eram centenarias e que geravam uma cortiça de primazia.
Agora resta esperar e fazer figas para que muitas familias tenham apoio, pois para muitas delas era a sua base de sustento, para não falar de muitas casas que têm ardido.
Para terminar ?Qual é o papel activo do governo? Ah?
Ora aqui está uma boa altura para demonstrar alguma competencia face ao outro. Não sei é se lhes apetece. Não estou a ver o Santanazinho a sujar os "vela" para ir para o meio do mato ver os sobreiros a arder. Ele que tenha cuidado que ainda lhe vai uma faulha para o cabelo e o gel arde facilmente.

1 comentário:

Claudia Raposo Correia disse...

Pois é, realmente o fogo é das coisas que mais destroi o nosso país. Eu, felizmente, nunca passei por nenhuma situação dessas mas deve ser horrivel.
O pior é saber que a maioria dos fogos é iniciado por mãos criminosas, por vinganças parvas.