Uma travessia...por vezes fácil, outras vezes difícil. Um deserto, onde se tenta desesperadamente encontrar um oásis para ai permanecer, pelo menos na triste ilusão de ser feliz.

setembro 02, 2007

Pescador


O mar.
O sal.
O som.
A sua pele escura, queimada pelo sol; o seu olhar profundo de quem sabe encontrar o norte a olhar para a lua.

O riso.
O grito.
O olfacto.
A sua alegria quando olha para as ondas; de quem conhece a água na sua plena infinitude, desafiando esse monstro adormecido, reconhecendo o seu poder.

O respeito.
O olhar.
O sofrimento.
A ousadia de querer surpreender mesmo sabendo a sua pequenez face àquilo que procura.

As suas mãos conhecedoras calejadas pelo gosto ao que mais gosta.
O seu cabelo vivido despertando sonhos e proezas.
O seu orgulho ao contar histórias de felicidade.

Um herói de todos os dias. Um rapaz como tantos os outros. Uma paixão verdadeira. Um gosto de viver o mar, amando cada onda, como cada segundo da sua existência.

Esse herói existe em cada porto, em cada cais, em cada criança sentada a olhar o mar.

Pescou-me com o seu anzol de saber e deu-me vida, salvando-me do meu oceano descolorido e cinzento.
Os momentos que passei no seu barco, quando ele tratava de mim para não morrer, senti a decência e humildade existente ainda em cada homem, e cada gesto seu marcou-me em cada centímetro do meu frágil corpo dormente, e ainda hoje olho todos os dias para o horizonte na esperança de voltar a vê-lo.

Ao meu pescador.

3 comentários:

MARLIN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MARLIN disse...

desse teu pescador, ele s� quer te volta, ele sofre, VOLTA!!! Ele n�o est� a conseguir vencer a corrente que lhe enfrenta, ele ta fraco. ele diz que es tu a for�a de vida dele e tu es a solu�o do sentimento dele.
ele adora-te, deseja-te e muito mais.
ele j� n�o consegue se orientar, est� a perder for�as e sente que ninguem o pode fazer FELIZ, ele foi quando te conheceu e todos sabem que ele ja n�o � feliz.
VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!VOLTA!
Estou a pedir-te VOLTA!

Um Mundo ao Contrario... disse...

Voltar...

Grande palavra.
do Lat. *voltare, *voltu por volutu < volvere, voltar, volver

v. int.,
ir de novo para o ponto de onde se partira;
regressar;
tornar a ir ou a vir;
reaparecer;
girar;
turvar-se (o vinho);
v. tr.,
mudar para posição anterior;
mudar a direcção de;
fazer mudar de opinião;
replicar;
dar em troco;
v. refl.,
virar-se;
recorrer;
toldar-se.

Grande significado... :)

MAis um sucesso dos teus, como sempre.

Gostei imenso de todo o trabalho que publicaste. Um beijinho