Uma travessia...por vezes fácil, outras vezes difícil. Um deserto, onde se tenta desesperadamente encontrar um oásis para ai permanecer, pelo menos na triste ilusão de ser feliz.

março 01, 2009

A minha inocência ficou perdida no meio dos bancos do anfiteatro 1.

Foi o que eu disse à Ana, depois de voltar a entrar numa sala onde não ia há muito tempo.

1 comentário:

Claudia Raposo Correia disse...

Aiii jesus!! Mas o anfiteatro 1 tb serve para isso? n tinha a minima ideia :P